Escuridão

 

Caminhava no escuro

De noites sem nuvens

Nem céus estrelados.

 

Na imensidão obscura

Uma sombra a mais

Na multidão, discreta.

 

Eloquente, mas solitária

O negro manto escondia

Nos matizes do breu, bela.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s